Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha

MoodleConheça nossa fanpage Conheça nosso canal

Workshop para alunos do Curso de Eletrônica

16/03 2018
Institucional

No dia 13 de março, ocorreu um workshop para as quartas séries do Curso Técnico de Eletrônica. O evento abordou o fenômeno econômico de Schenzen (China), uma espécie de “eldorado tecnológico” onde estão concentradas empresas que desenvolvem aplicações fortemente vinculadas ao hardware eletrônico, em geral, “startups”.

Várias gigantes nasceram ali, como, por exemplo, a Huawei – segunda produtora mundial de telefones inteligentes e líder em redes de telecomunicações; a Tencent – uma das maiores empresas de internet do mundo, criadora da WeChat (WhatsUp chinês), líder de mercado com 1 bilhão de usuários. 

Esse fenômeno da retomada do hardware se dá pela sua forte integração ao software, o seu baixo custo e a disponibilidade de dispositivos que permitem a rápida prototipagem de soluções inovadoras. Por sua vez, há forte conexão com o ressurgimento da cultura do hobby, denominado de movimento maker (faça você mesmo), onde qualquer desenvolvedor pode testar novos produtos com impressoras 3D, por exemplo.  

Schenzen era uma cidade de pescadores em 1980, quando foi transformada em uma zona econômica especial pelo governo chinês. Hoje, o Produto Interno Bruto (PIB) de Schenzen é similar ao da Irlanda e, somado a outros oito centros urbanos do Delta do Rio da Pérola (inclui Hong Kong e Macau), é igual ao PIB da Rússia, congregando cerca de 10 mil empresas de tecnologia.

Compartilharam suas experiências na área o ex-aluno do Curso de Eletrônica, Carlos Guilherme Blos, que reside há 11 anos na China, na cidade de Dongguan, e que atua no segmento industrial vinculado, e o ex-professor José Breno da Cruz, que desenvolve um trabalho junto aos municípios próximos sobre robótica e cultura Maker, aliadas à iniciação científica. O evento foi coordenado pelo professor Leo Weber, de Sistemas de Comunicação.

Foto: Leo, Carlos e José Breno.

Galeria de imagens