Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha

MoodleConheça nossa fanpage Conheça nosso canal

Jovem pesquisadora apresenta na China projeto na área de transplantes

08/08 2016
Institucional

A jovem cientista brasileira Vitória Müller Gerst representa o Brasil na China Adolescent Science & Technology Innovation Contest (Castic), uma feira de ciências que acontece de 13 a 19 de agosto, em Xangai.

A estudante do Curso Técnico de Química da Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha (Novo Hamburgo/RS), foi vencedora do Prêmio Killing de Tecnologia na Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec), realizada no ano passado. O prêmio viabiliza a participação de um projeto nesse importante evento.

Sobre o projeto
O transplante tem por objetivo garantir a manutenção de determinada função vital. No entanto, a falta de doações gera uma enorme fila, a qual é agravada pelos critérios de compatibilidade entre doador e receptor. Como alternativa ao cenário, surge o processo de descelularização (para implantação de células do receptor), área em que o projeto foi desenvolvido.

Basicamente, a pesquisa buscou desenvolver um novo composto para ser utilizado na descelularização de tecidos e órgãos. Esse processo é baseado na remoção completa dos constituintes celulares do órgão doado, com posterior repovoação por células embrionárias do receptor, reduzindo as chances de rejeição pós-transplante. Como, atualmente, não existe uma solução que concilie a descelularização completa e a manutenção da estrutura do órgão, é que surge a importância do projeto: uma nova alternativa que visa, diretamente, a conciliação desses fatores essenciais para o sucesso da descelularização e, consequentemente, a diminuição considerável das taxas de rejeição em transplantes. A orientação do projeto é da professora Schana Andreia da Silva.

Foto: Vitória recebeu credenciamento à China na Mostratec do ano passado.