Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha

MoodleConheça nossa fanpage Conheça nosso canal

Inauguração dos Laboratórios de Tecnologia Assistiva e de Espectrometria

23/08 2016
Institucional

Na manhã desta terça-feira (23), aconteceu a inauguração dos Laboratórios de Tecnologia Assistiva e de Espectrometria.

O evento contou com a presença de diversas autoridades, entre elas do Secretário de estado da Educação, Luis Antonio Alcoba de Freitas; do Presidente do Conselho Técnico Deliberativo, Pedro Luis Maboni; do Superintendente da Educação Profissional RS, Eloí Flores; do Presidente da Associação de Pais e Mestres, Daniel Gatelli; do Presidente da ADEVIS, Ricardo Sewaldt; da Coordenadora da 2ª CRE, Helenise Juchem; Diretores, Coordenadores de Curso, servidores e alunos da Liberato; entre outros.

A inauguração do Laboratório de Tecnologia Assistiva (LTA) ocorreu exatamente durante a Semana da Pessoa com Deficiência, constituindo uma ação concreta vinculada ao Centro de Referência em Tecnologia Assistiva no Rio Grande do Sul, projeto coordenado pela Fundação. O LTA foi viabilizado a partir dos recursos oriundos dos projetos "Tecnologia Assistiva e ensino profissionalizante: inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho", sob coordenação da Profª Drª Regina de Oliveira Heidrich (Universidade Feevale); "Tecnologias Assistivas para a inclusão no mercado de trabalho", sob a coordenação da Profª Drª Marlise Geller (Ulbra); e "Pesquisa e produção de tecnologia assistiva: uma parceria entre a Educação Básica e o Ensino Superior", sob coordenação da Profª Dr.ª Helena Venites Sardagna (Uergs). Eles foram contemplados no Edital Fapergs 03/2014 (Acordo FAPERGS-CAPES): Programa de Iniciação em Ciências, Matemática, Engenharias, Tecnologias Criativas e Letras - PICMEL, contando também, na sua implementação, com o apoio financeiro da Associação de Pais e Mestres (APM) da Fundação Liberato.

O Laboratório de Espectrometria foi o último a ser implantado com recursos captados ainda no ano de 2013, de origem federal, com execução durante os anos seguintes. O valor global dos equipamentos adquiridos atingiu R$ 1.800.000,00, contemplando 34 importantes aquisições, três delas para o curso de química: o Espectrofotômetro de Absorção Atômica, o Espectrofotômetro Infravermelho, neste espaço citado, e um Cromatógrafo, que está no Laboratório de Cromatografia, atingindo R$ 350.000,00. Passados dois anos, esta viabilização foi devido à parceria entre a Diretoria de Pesquisa e Produção Industrial e a APM Liberato, que implantou a nova Central de Gases e equipamentos periféricos a este laboratório. Esse segundo investimento foi de R$ 50.000,00.